Segunda, 23 de Maio de 2022 03:00
83 9.9870-0330
Dólar comercial R$ 4,88 0%
Euro R$ 5,15 0%
Peso Argentino R$ 0,04 -0.011%
Bitcoin R$ 156.091,09 +3.101%
Bovespa 108.487,88 pontos +1.39%
Economia Economia

Pagamento dos servidores estaduais com reajuste salarial começa nesta sexta (28)

A folha de pagamento de janeiro ainda inclui o reajuste de 31,3% do magistério, contemplando mais de 17 mil professores ativos e inativos.

28/01/2022 07h38 Atualizada há 4 meses
Por: João Luis Gomes Fausto Fonte: Secom-PB
Créditos: Agência Brasil
Créditos: Agência Brasil

Começa nesta sexta-feira (28) o pagamento dos salários do funcionalismo público estadual referente ao mês de janeiro. Todos os servidores efetivos ativos e inativos receberão os salários com o reajuste de 10%. Nesta sexta-feira, recebem os aposentados, pensionistas e reformados. Já na segunda-feira (31) é a vez dos servidores da ativa, da administração direta e indireta. 

 

Além do reajuste de 10%, os policiais militares, civis e penais também já recebem os salários de janeiro com a incorporação inicial de 20% da bolsa desempenho, dos plantões extras e demais benefícios concedidos às forças de Segurança Pública. 

 

A folha de pagamento de janeiro ainda inclui o reajuste de 31,3% do magistério, contemplando mais de 17 mil professores ativos e inativos.

 

“Esse é um esforço enorme para demonstrar o nosso respeito e valorização aos servidores públicos. Nós estamos passando por uma pandemia e uma crise financeira no país e, mesmo diante desse quadro de dificuldades, estamos pagando servidores dentro do mês trabalhado e fornecedores em dia, graças a uma gestão fiscal e financeira eficiente”, frisou o governador João Azevêdo ao anunciar o pagamento dos salários de janeiro durante o programa semanal Conversa com o Governador, transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara. 

 

Calendário de pagamento:

28/01 - aposentados, pensionistas e reformados;

31/01 - servidores da ativa (Administração Direta e Indireta)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias