Terça, 07 de Dezembro de 2021 02:55
83 9.9870-0330
Policial Paraíba

Segurança Pública da Paraíba retira mais de 3 mil armas das ruas em 2021

Nos 10 meses do ano, as Polícias Militar e Civil apreenderam 3.024 espingardas, pistolas, revólveres e outros armamentos, o que representa 3% a mais do que a quantidade de armas retiradas de circulação no mesmo período de 2020.

23/11/2021 17h09
Por: João Luis Gomes Fausto Fonte: SECOM-PB
Créditos: Divulgação/ Assessoria
Créditos: Divulgação/ Assessoria

As forças de Segurança da Paraíba totalizaram 3.024 armas de fogo apreendidas e ainda mais de 4 toneladas de drogas retiradas das ruas em 2021, no período de janeiro a outubro. O número divulgado pela Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Sesds) faz parte do relatório do Núcleo de Análise Criminal e Estatística (Nace), que ainda aponta resultados positivos nas ações de prevenção e repressão qualificadas aos crimes patrimoniais e aos crimes contra a vida. 

 

Nos 10 meses do ano, as Polícias Militar e Civil apreenderam 3.024 espingardas, pistolas, revólveres e outros armamentos, o que representa 3% a mais do que a quantidade de armas retiradas de circulação no mesmo período de 2020. Em relação às drogas, foram 3 toneladas e 23 quilos de maconha, 118 quilos de crack e 883,29 quilos de cocaína que deixaram de ser comercializados. O crescimento nas apreensões foi de 89%, em comparação ao ano anterior. 

 

No combate aos crimes patrimoniais, se destaca a queda de 17% nos ataques a banco. Em 2021, foram registrados 10 casos, enquanto de janeiro a outubro de 2020 foram contabilizados 12 crimes contra instituições financeiras. Ano a ano, o registro desses crimes vem diminuindo, saindo de 120 em 2016 para 16 no ano passado (-89%). Os furtos de veículos também tiveram redução de 15% nas ocorrências. Ao mesmo tempo, 3.333 veículos foram recuperados e devolvidos aos seus proprietários, pelas forças de Segurança. 

 

O enfrentamento da violência contra a mulher também foi um dos focos do trabalho policial. De janeiro a outubro, o número de mulheres assassinadas teve uma queda de 4%, com 73 casos registrados no período. 11 Áreas Integradas de Segurança Pública (Aisp) acumulam redução de assassinatos em números absolutos: Bayeux, zona sul de João Pessoa, Catolé do Rocha, Queimadas, Sapé, Patos, Itabaiana, Guarabira, Cajazeiras, Picuí e Esperança. 

 

No período, mais de 7,8 mil Operações de Segurança e Interesse Estratégico foram realizadas em todo o Estado, tais como Previna-se, Alvorada, Nômade, Carga Pesada, Justiça Cega e Terceiro Mandamento, entre outras. Essas ações, resultaram em 15.629 prisões, sendo 2.649 por crimes graves, como homicídios, latrocínios, roubos e pessoas com mandados de prisão em aberto. 

 

Resgates e salvamentos – O Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba foi responsável pela realização de 3.867 resgates de vítimas de acidentes de trânsito nos 223 municípios paraibanos. Além disso, a atuação desses profissionais garantiu o salvamento de 161 pessoas, vítimas de tentativas de homicídio, e que foram socorridas em tempo hábil.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias