Terça, 07 de Dezembro de 2021 03:41
83 9.9870-0330
Policial Prisão

Suspeito de matar sargento paraibano do Exército é preso em Manaus

Crime aconteceu no dia 1º de setembro, e homem estava sendo procurado desde então.

23/11/2021 13h36
Por: João Luis Gomes Fausto Fonte: Notícia Paraíba
Créditos: Reprodução/ Notícia Paraíba
Créditos: Reprodução/ Notícia Paraíba

Um homem de 26 anos foi preso, na noite desta segunda-feira (22), suspeito de matar a tiros o sargento do Exército Lucas Guimarães. O crime aconteceu no dia 1º de setembro deste ano, dentro da cafeteria da vítima, na Zona Sul de Manaus.

 

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito foi preso no bairro Colônia Antônio Aleixo, na Zona Leste. Os pais de Lucas Guimarães haviam anunciado, no dia 12 deste mês, uma recompensa de R$ 40 mil para quem apontasse o paradeiro do suspeito.

 

Lucas foi baleado na cabeça dentro do estabelecimento e ainda chegou a ser socorrido para o Hospital Santa Júlia, localizado ao lado da cafeteria, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde. Após o crime, o suspeito fugiu sem ser identificado. Toda ação foi flagrada por câmeras de segurança do local.

 

Lucas era paraibano e além de empresário era sargento do Exército. Segundo as investigações, ele estaria se envolvendo com Jordana Azevedo, casada com o empresário Joabson Agostinho que, ao descobrir a traição, mandou matar a vítima.

 

O casal de empresários, donos de um grupo de supermercados, ficou preso por cerca de 50 dias por suspeita de ordenar o assassinato. Eles respondem o processo em liberdade desde o dia 10 deste mês.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias