Terça, 07 de Dezembro de 2021 03:11
83 9.9870-0330
Dólar comercial R$ 5,69 0%
Euro R$ 6,42 0%
Peso Argentino R$ 0,06 +0.061%
Bitcoin R$ 307.067,9 +3.534%
Bovespa 107.063,49 pontos +1.9%
Economia Economia

Novo Bolsa Família deve pagar R$ 400 por mês até dezembro de 2022

Novidades devem ser anunciadas nesta terça (19) pelo governo federal.

20/10/2021 11h38
Por: João Luis Gomes Fausto Fonte: Diário do Nordeste
Créditos: A Tribuna do Sertão
Créditos: A Tribuna do Sertão

O “Auxílio Brasil” — programa de transferência de renda que substituirá o “Bolsa Família” — deverá pagar R$ 400 para 17 milhões de famílias no Brasil, entre dezembro deste ano a igual mês em 2022. As informações são da colunista Míriam Leitão, do jornal O Globo. 

 

O governo deve anunciar os detalhes ainda nesta terça-feira (19). Dentre as mudanças, o redesenho do programa terá 3 milhões a mais de pessoas assistidas e o benefício será até R$ 211 superior ao pago atualmente.

 

Conforme apuração da jornalista, parte desse valor será de recursos do atual Bolsa Família. Já a outra será oriunda de auxílio temporário, totalizando quantia extra de R$ 50 bilhões. Por ser um recurso provisório, não irá infringir a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

 

Apesar das adoções de estratégias para não esbarrar na LRF, a equipe econômica está preocupada com a possibilidade de os benefícios e valor a serem pagos sejam ampliados nas mãos do Congresso. 

 

Parlamentares teriam mencionado que o auxílio poderia ser destinado para 35 milhões de família. Além disso, causa temor que a cifra fora do teto passe de R$ 100 para R$ 200. Desta forma, haveria necessidade de emendas ao Orçamento. 

 

VEJA COMO SERÁ O NOVO BOLSA FAMÍLIA

Ao mudar de Bolsa Família para Auxílio Brasil, o programa de transferência de renda aumentará em 3 milhões o número de beneficiários, passando das atuais 14 para 17 milhões de famílias.

 

O pagamento será feito com o valor do Bolsa Família e mais um incremento. O valor médio hoje de R$ 189 passará a R$ 400 até o fim de 2022.

 

O programa será financiando com o atual orçamento do Bolsa Família (R$ 34,7 bi) e mais R$ 50 bi de auxílio temporário.

 

O recurso temporário ficará parte dentro e fora do teto, sendo R$ 100 para cada benefício custeado fora do teto.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias