Quarta, 20 de Outubro de 2021 19:46
83 9.9870-0330
Geral Paraíba

Prefeito na Paraíba é investigado por suspeita de propina de R$3 mil

Os fatos investigados teriam acontecido entre os anos de 2018 e 2019.

14/10/2021 07h57
Por: João Luis Gomes Fausto Fonte: Polêmica Paraíba
Créditos: Reprodução
Créditos: Reprodução

O Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) tornou réu por concussão o prefeito da cidade de Soledade, Geraldo Moura Ramos. Os desembargadores receberam uma denúncia do Ministério Público que aponta o pagamento de propina ao gestor, que teriam ocorrido por parte de uma empresa que mantinha contrato com a prefeitura para prestação de serviços de manutenção corretiva e preventiva de equipamentos médicos e odontológicos.

 

Os fatos investigados teriam acontecido entre os anos de 2018 e 2019.

 

De acordo com o MP, o prefeito teria recebido repasses de propina no valor de R$ 3 mil. A quantia teria sido paga pelo dono do empreendimento, totalizando a quantia de R$ 21 mil.

 

Segundo a denúncia, o caso só chegou ao conhecimento dos promotores em maio de 2019, através de uma representação do empresário. O município teria atrasado por até três meses os pagamentos à empresa e o adimplemento dos valores passou a ser condicionado ao pagamento mensal de propina – conforme o MP.

 

O advogado do gestor, Newton Vita, pediu o não recebimento da denúncia.

 

Ele alegou que não há provas que demonstrem o suposto pagamento de propina e que a denúncia foi construída a partir de uma ‘armação’ política para prejudicar Geraldo Ramos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias