Quinta, 29 de Julho de 2021 15:21
83 9.9870-0330
Policial Feminicídio

Estudante é morta a tiros e namorado é preso após denúncia do próprio pai

O suspeito foi liberado após o caso ser registrado como latrocínio.

20/07/2021 08h13
Por: João Luis Gomes Fausto Fonte: Uol
Foto: Reprodução/ Redes Sociais
Foto: Reprodução/ Redes Sociais

Um jovem de 19 anos foi preso no sábado (17) suspeito de matar a tiros a namorada, a estudante de psicologia Joana Fabris Deon, da mesma idade. Segundo a Polícia Civil do Rio Grande do Sul, ele teria simulado um assalto após buscar socorro médico para a vítima, mas acabou denunciado pelo próprio pai. O caso ocorreu em Bento Gonçalves, a 123 km de Porto Alegre.

 

De acordo com a investigação, Joana deu entrada na madrugada de sábado no Hospital Tachini, com ferimentos no tórax resultante de um disparo de arma de fogo. O namorado dela, identificado como Paulo Eduardo Scaravonatto, declarou à BM (Brigada Militar) e à Polícia Civil que a vítima reagiu a um assalto na rua, sendo baleada.

 

O suspeito foi liberado após o caso ser registrado como latrocínio. Mas horas depois, segundo a delegada Deise Ruschel, o pai do namorado da vítima procurou a Polícia Civil para contar a verdade sobre a autoria da morte de Joana, que seria de Paulo.

 

A Polícia Civil e a BM confirmaram a versão do pai ao identificarem a presença de sangue na casa do suspeito. Além disso, depoimentos de testemunhas reforçaram a declaração do homem. As provas resultaram na prisão preventiva do namorado após pedido da investigação.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias