Quinta, 29 de Julho de 2021 15:33
83 9.9870-0330
Cultura Sertão

Músicos cobram retorno de atividades e protestam contra decreto municipal, em Patos

Descontentes com a situação atual, vários músicos da cidade realizaram um protesto virtual nas redes sociais, cobrando os direitos de poder trabalhar.

19/07/2021 11h16 Atualizada há 1 semana
Por: João Luis Gomes Fausto Fonte: Assessoria
Foto: Divulgação/ Assessoria
Foto: Divulgação/ Assessoria

A divulgação do novo decreto municipal (sexta, 16), trouxe a inquietação da classe musical patoense, ao ver que ainda não poderão exercer suas atividades.

 

Descontentes com a situação atual, vários músicos da cidade realizaram um protesto virtual nas redes sociais, cobrando os direitos de poder trabalhar. Na postagem desses artistas foi indagado o motivo de bares e restaurantes estarem cheios nos finais de semana, e os músicos não poderem realizar suas apresentações. “Qual o problema de exercer minha arte? Se os bares e restaurantes estão recebendo tantos clientes, qual diferença faria em me apresentar?”. O ato ocorreu com objetivo de chamar a atenção do poder público. 

 

Quantidade de músicos no palco

Outro assunto que foi pauta na reunião digital dos músicos foi de reivindicar sobre a quantidade de músicos no palco. 

No último decreto que permitia apresentação de músicos, só era permitido 3 músicos no palco, mas em comparativo, o mesmo decreto permitia 6 pessoas por mesa. 

 

Os músicos cobram pelo menos um posicionamento por parte do poder público, explicando o motivo dessa restrição na quantidade de pessoas no palco. 

 

Comissão dos músicos de Patos

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias