Sexta, 12 de Julho de 2024 15:43
83996374402
Geral Paraíba

Governador João Azevêdo visita obras do complexo penitenciário em Gurinhém

O governador João Azevêdo, acompanhado do vice-governador Lucas Ribeiro e comitiva, visitou na tarde deste sábado (6) as obras de construção do Com...

06/07/2024 19h16
Por: João Luis Gomes Fausto Fonte: Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba

O governador João Azevêdo, acompanhado do vice-governador Lucas Ribeiro e comitiva, visitou na tarde deste sábado (6) as obras de construção do Complexo Penitenciário de Gurinhém, localizado a 5 km da cidade. O secretário da Administração Penitenciária, João Alves, integrou a comitiva governamental na visita, junto com o secretário executivo João Paulo Barros, o gerente da Gesipe, Ronaldo Porfírio e alguns diretores de unidades prisionais e policiais penais.

O complexo prisional se constitui em dois presídios, cada unidade com 374 vagas, totalizando 748 vagas para reeducandos.

Os recursos para a construção do moderno presídio de segurança máxima são da ordem de 56,2 milhões de reais, oriundos do Tesouro do Estado da Paraíba e do Governo Federal.

Ainda integraram a comitiva o secretário da Infraestrutura e Recursos Hídricos, Deusdete Queiroga, a secretária da Mulher e da Diversidade Humana Lídia Moura, o deputado estadual João Gonçalves, e Ronaldo Guerra, chefe de Gabinete do Governador.

A construção tem uma área total de 13.964,10 m². Dentre os serviços executados no local estão terraplanagem, sistema de detecção e alarme de incêndio, sistema de controle de saída e drenagem. A unidade prisional contará com muralha com passadiço e guarita, isolamento, dentre outros ambientes.

O governo também tem investido no sistema prisional, com obras entregues no presídio Sílvio Porto, na cadeia de Taperoá, obras em andamento no presídio Raimundo Asfora, em Campina Grande, dando melhores condições de ressocialização para quem está apenado e de trabalho para os servidores que atuam na administração penitenciária.

_______

Secom-PB com Ascom/Seap

fotos: Josélio Carneiro e Francisco França

Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias