Segunda, 23 de Maio de 2022 01:30
83 9.9870-0330
Policial João Pessoa

Homem é preso suspeito de estuprar passageira de transporte alternativo durante assalto, na Paraíba

A vítima estava com seu filho de 2 anos de idade.

11/05/2022 15h30 Atualizada há 2 semanas
Por: João Luis Gomes Fausto Fonte: Notícia Paraíba
Créditos: Reprodução/ Notícia Paraíba
Créditos: Reprodução/ Notícia Paraíba

Um homem foi preso, nessa terça-feira (10), suspeito de estuprar uma mulher durante um assalto em um carro de transporte alternativo, que faria percurso entre Sapé e João Pessoa. 

 

Segundo a delegada Paula Monalisa, o caso aconteceu no última sábado (7), por volta das 14h, momentos depois que o motorista do carro pegou o homem, identificado como Alessandro Ferreira Nascimento, nas proximidades de uma praça de Sapé, após esse sinalizar fingindo ser mais um passageiro.

 

Dentro veículo já estava a mulher com seu filho, de apenas 2 anos de idade, e um casal de idosos, que foram rendidos por Alessandro, depois que ele sacou uma faca peixeira e anunciou o assalto, assim que o motorista saiu da Zona Urbana da cidade.

 

Desesperados, os passageiros e o condutor do veículo entregaram todo o dinheiro que tinham para o assaltante, que levou eles para dentro de um canavial, onde também estuprou a mãe da criança, após ameaçar seu filho.

 

Depois de abusada em pé e ser obrigada a se deitar no chão da plantação, a vítima conseguiu fugir e retornar à rodovia, onde precisou se deitar para que os carros que passavam pelo local parassem e alguém socorresse ela e os outros, que ainda estavam no canavial.

 

Com isso, o homem fugiu, e a polícia militar e equipes de socorro foram acionadas.

 

Alessandro foi preso, após ter sido reconhecido pelas vítimas, porém o suspeito nega ter abusado sexualmente da mulher. 

 

A vítima e o suspeito passaram por exames periciais e caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias